terça-feira, 11 de março de 2014

Taize uma experiência que também tu podes Viver...

De 1 a 9 de Março cerca de 140 alunos de EMRC da Diocese de Aveiro viveram uma experiencia de Silêncio e de Encontro em Taize.

As 23 horas da viagem que nos separavam desta experiencia valeram cada segundo. O tom festivo da Oração, a Alegria do encontro, a Partilha confiante do ser de cada um, as tarefas no pequeno grupo e o serviço à comunidade, são momentos que marcam o dia a dia de cada um, neste mundo novo onde todos se sentiam confortavelmente ao lado de outro que nunca tinham visto nem que falava a mesma linguagem.

Cerca de 2000 Jovens, 700 portugueses, 700 franceses e mais alguns pequenos grupos de italianos, belgas, suíços e espanhois... animaram esta vila francesa que os Irmãos de Taize orientam sob a bênção do Irmão Roger.

Da reflexão da Palavra de Deus em grande grupo orientada por um dos irmãos; ao trabalho em pequeno grupo; à oração comum, três vezes ao dia; ao serviço comunitário na cozinha; no lavar da louça, na limpeza das casas de banho; às caminhadas e o tempo de silêncio recheia o ciclo diário que se intervala com momentos de grande festa e animação em qualquer esquina; antes, durante e após as refeições ou no Oiake, espaço onde o brincar em grupo se faz sentir com sorrisos, canções,danças e abraços.

A viagem interior ia acontecendo; as lágrimas vão se libertando, o maravilhamento da palavra renova o coração e a amizade é purificada. A necessidade do silêncio que atira o coração para Deus e impele os olhares a se entrelaçarem para redescobrir o valor do outro. A necessidade de se exigir mais de si próprio e de ser o primeiro a estar disponível pois todos somos indispensáveis na construção da felicidade.

Maravilha das maravilhas este tempo que soube a pouco. Que se multiplicou em amizades e cânticos de louvor a Deus. Sentir o Espírito de Taize é, sem dúvida uma experiência profunda que marca a diferença do hoje e do amanhã... e que se quer repetir, pois sentimos a falta do amor, da entrega, da solidariedade, da alegria, da proximidade com Deus, do encontro com os outros.
Filipe Tavares




Por mais que tenha reclamado, também estou com saudades do francês do "go to bed, no mix, girls go out", já que não é todas as noites que se forma um ajuntamento em volta do caixote do lixo para fazer pasta de atum à meia noite! Amanhã não vou acordar com francesas a maquilharem-se às 7 da manhã, nem vou ver pessoas a barrarem manteiga no pão com um bocado de chocolate, não vou estar numa fila interminável para comer, nem vou apanhar um valente banho a lavar a louça. Não vão haver mais cânticos que preenchem o vazio, nem os silêncios ainda mais importantes. Por mais que queiramos voltar, o que temos de fazer amanhã é sorrir e mostrarmos a todos a razão de termos ido! TAIZÉ!

Guerra ou Paz

Guerra ou Paz

Rui Simões

Dia: Quinta-feira, 24 de Abril
Horário: 10h00

Público: maiores de 12 anos, 3.º Ciclo e ensino secundário do ensino privado e público
Preço: 2€ por aluno | professores: gratuito
Duração: 97 Min.

Informações e reservas: seducativo@teatroaveirense.pt ou pelo telefone 234 400 920 (Ana Génio)

No âmbito do 40º aniversário do 25 de Abril, o Teatro Aveirense apresenta para o público escolar o filme Guerra ou Paz, de Rui Simões. Contaremos com a presença de um historiador, que certamente enriquecerá ainda mais esta sessão.

Sinopse:
Entre 1961 e 1974, 100.000 jovens portugueses partiram para a guerra nas ex-colónias. No mesmo período, outros 100.000, saíram de Portugal para não fazer essa mesma guerra.
Em relação aos que fizeram a guerra já muito foi dito, escrito, filmado. Em relação aos outros, não existe nada, é uma espécie de assunto tabu na nossa sociedade.
Que papel tiveram esses homens que “fugiram à guerra” na construção do país que somos hoje?
Que percursos fizeram? De que forma resistiram?
Esta é a história que Guerra ou Paz pretende contar: a dos jovens que se recusaram a participar numa guerra que não sentiam como sua, sem pôr em questão o seu amor à Pátria. Se há a figura do Soldado desconhecido, este filme pretende retratar esse outro Homem Desconhecido que recusou ser soldado.

Ficha artística / técnica:

Realização | Rui Simões
Direcção de Fotografia | Marta Pessoa
Som | Paulo Cerveira
Montagem | Márcia Costa
Marketing | Fátima Santos Filipe
Direcção de Produção | Jacinta Barros
Produtores | Jacinta Barros E Rui Simões
Produção | Real Ficção

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Ser criança… e estar apaixonado é…

 AEO | 4.º Ano - Escrita Criativa  


Apesar de eu ser pequenino e o meu cartão de cidadão não me dar mais do que nove anos e uma altura nunca superior a 1,60m, quando estou a-p-a-i-x-o-n-a-d-o, eu sinto-me um verdadeiro gigante.

Gigante porque o meu coração multiplica o seu tamanho e parece que me sai do peito a uma velocidade supersónica. Os seus batimentos assustam-me porque se transformam em cavalos de corrida prontinhos a chegar à meta.

Em todas as horas, minutos, segundos e microssegundos sinto-me a flutuar numas nuvens fofinhas de algodão doce que me transportam em foguetões para distantes galáxicas.
 Penso sempre na pessoa por quem o meu coração bate mais depressa. Até desconfio que à noite sonho com ela, mas isso não tenho a certeza.

Quero estar com ela, respirar o mesmo ar e acompanhá-la nas suas brincadeiras divertidas.
Na sala de aula, a minha maior felicidade é sentar-me quietinho ao seu lado e poder ver como é organizada, atenta e trabalhadora.

 Nos intervalos, partilharmos os nossos lanches. Por vezes, até me esqueço de comer…

A professora repreende-me pois o meu cálculo mental e o meu raciocínio ficam confusos e os erros ortográficos aumentam. Só nunca me esqueço de escrever corretamente o seu nome.

Gosto de sentir amor, afeto, carinho e alegria quando a acompanho à saída da escola, mesmo que lhe transporta a sua, um pouco pesada, mochila. Por essa pessoa, faço tudo…
Mas, rapidamente desço ao planeta Terra quando vejo os nossos pais à nossa espera.

 Estar apaixonado é…

Alunos do 4 Ano sob orientação da Prof. Fátima Santos

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Mil Leituras


Este é um espaço de partilha de experiências de leitura porque ler é um prazer que deve ser partilhado. É um espaço sobre livros e leitura para todas as idades da responsabilidade da RBEMS (Rede de Bibliotecas Escolares e Municipais de Seia). Aqui encontras sugestões de leitura, opiniões e comentários de outros leitores, trabalhos realizados pelos alunos de todas as escolas do Concelho e outras informações significativas sobre livros e leitura.

Segue a ligação

e para descobrires Anne Frank...


Boas Leituras...



quarta-feira, 17 de julho de 2013

Hora do Conto!

(2012/2013)

"Gostar de ler: tudo o que oferece imaginação, que vem embrulhada num papel bonito, feito de letras, que dá sabor aos dias de descoberta. Imaginação que faz saltar o sonho, forrado de palavras deliciosas que constroem um castelo fabuloso de Saber."

E assim continua a Hora do Conto, recheada de visitas aos alunos que recebem histórias de braços abertos e com olhitos ávidos, prontos a ouvir e a participar… para depois recontar e… crescer e ser!!!

Foi mais um ano em que, saborosamente, e com prazer, fui, desta vez, até à escola EB1 da Senhora dos Campos e aos Jardins de Infância da Chousa Velha, da Gafanha d'Aquém e de Ílhavo para contar as minhas histórias, que escrevi propositadamente para os pequeninos que me receberam. Fantoches e marionetas na sacola, cenários construídos com bocadinhos de paciência e vontade, acompanharam os meus enredos e fizeram as delícias das caritas atentas.

Lembram-se do "País das crianças Felizes"?! E do "Reino dos Sorrisos"?! E daquele "Menino mal comportado!"?! Ah!, também se lembram, com certeza, de "Duas mãos cheias de tesouros" e ainda da "Quinta do tio Timóteo". E do "Meu amigo Miró!" e aquela do "Vamos fazer de conta!".

Aqui fica o meu grande agradecimento aos meninos e meninas que me ouviram e às professoras e educadoras que permitiram estas visitas. Deixo-vos umas imagens de alguns momentos felizes, não todos porque não os posso colocar aqui. Os melhores momentos ficam cá dentro e dentro de cada um! Dentro de cada um de nós! Para nos irem preenchendo…

E … até sempre! Sempre que o sonho permitir! E ele vai permitir!

Profª Adelaide Ferreira


quinta-feira, 4 de julho de 2013

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Concurso na ABAE - Eco escolas

A nossa Escola participou no concurso na ABAE.

Eis o nosso Cartaz a concurso...
As frases são do 5ºA e B e 8ºC, o design é do Professor Carlos Sousa.
Parabéns!!!


sábado, 22 de junho de 2013

Canguru Matemático e Olimpíadas da Matemática 1º ciclo - AGEILHAVO laureado com vários prémios

Resultado de muito empenho e esforço o nosso agrupamento recebe vários prémios nas provas do Canguru Matemático e Olimpiadas da Matemática |olimpíadas Matemática 1º ciclo  foram no dia 22 de Maio e participaram 3 escola ( Vale ílhavo , Srª Pranto e Coutada)|.

Eis os nossos premiados: ver galeria .


Agradecemos desde já o empenho dos professores do primeiro ciclo e da professora de Luísa Saraiva que coordenou a nossa participação.


Somos uns sortudos! 
Sentimo-nos “sortudos” por o Agrupamento de Escolas onde estamos a “crescer” nos oferecer tantas oportunidades de aderirmos a novos desafios. Desta vez foi o Concurso “Canguru Matemático sem Fronteiras”, que além de nos dar muito prazer participar, nos deu a oportunidade de pormos em prática o que temos aprendido e nos desafiarmos a nós próprios! Ficámos muito orgulhosos com os nossos resultados a nível nacional, não só da nossa turma e escola, mas também de todas as outras escolas do nosso Agrupamento que assim como nós, brilharam. Parabéns a todos nós e àqueles que nos convidaram a participar!

Centro Escolar Nossa Senhora do Pranto
 2º ano Turma F4

terça-feira, 11 de junho de 2013

Educação especial - Plano Individual de Transição



Os alunos de Educação Especial, com Currículo Específico Individual do 7º C foram realizar uma visita ao Cabeleireiro Éden. Esta visita teve como objetivo observar a colega Inês em atividades que fazem parte do seu Plano Individual de Transição.

A deslocação foi feita a pé, num percurso que permitiu aprofundar o conhecimento das nossas ruas e ruelas, becos e identificar cabeleireiros que apareciam no trajeto.

Visita de estudo ao Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga






"No dia 4 de junho, os alunos de Educação Especial, com Currículo Específico Individual realizaram uma visita de estudo ao Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga. A viagem foi efetuada de comboio - o “Vouguinha” - e decorreu com muita alegria, curiosidade e entusiasmo! Depois da visita ao Museu todos almoçaram num restaurante da zona em clima de descontração e convívio.


No regresso todos estavam cansados mas muito felizes!"